+351 217 788 474

Login

Sign Up

After creating an account, you'll be able to track your payment status, track the confirmation.
Username*
Password*
Confirm Password*
First Name*
Last Name*
Email*
Phone*
Contact Address
Country*
* Creating an account means you're okay with our Terms of Service and Privacy Statement.
Please agree to all the terms and conditions before proceeding to the next step

Already a member?

Login

Energia e Alterações Climáticas

QUERCUS

Energia e Alterações Climáticas

 

BANNER COP22 BLOG vermelho 01

Há vários anos que a Quercus trabalha nas áreas da Energia e das Alterações Climáticas, pautando a sua intervenção pela educação ambiental dos cidadãos, através de diversos projetos que desenvolve e, por outro lado, estabelecendo um permanente acompanhamento e diálogo junto dos decisores políticos nacionais e internacionais.

Este trabalho é feito numa base diária e assegurado pelo Grupo de Energia e Alterações Climáticas.

A Quercus é membro da CAN – Climate Action Network, e participa ativamente, desde 2000, nas Conferências das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas.

 

iniciativas

Comunicados

Energia e Alterações Climáticas

Projetos e Campanhas

ProCold

procold euO projeto ProCold pretende contribuir para o aumento da eficiência energética da gama profissional e comercial dos aparelhos de refrigeração destinados ao armazenamento de comida e bebidas, especificamente os “plug-in”.

 

O objetivo geral é induzir privados e entidades públicas a adotar e implementar políticas de eficiência energética europeias e nacionais no segmento do frio profissional e comercial e o objetivo específico é garantir que no mercado europeu entram produtos energeticamente mais eficientes e que a sua quota de mercado também aumenta. Este projeto reúne oito parceiros europeus e é financiado pelo programa Horizonte 2020.

 

Site oficial:http://www.pro-cold.eu/

Site nacional:http://www.topten.pt/index.php?page=sobre_o_procold 

Clean Air

clean airCom o apoio da Deutsche Umwelthilfe, e.V. (DUH) e no âmbito do projeto europeu LIFE+ Clean Air, esta iniciativa visa capacitar as associações de defesa do ambiente para forçar a efetiva implementação da Diretiva sobre Qualidade do Ar, ao nível nacional.

 

Com este objetivo, e visando Portugal como um dos casos de estudo, a Quercus propôs-se intentar duas ações administrativas comuns em tribunais administrativos nacionais baseadas no incumprimento dos valores limite sobre qualidade do ar e na falha da aplicação de medidas constantes nos planos e programas elaborados pelas entidades competentes, nas zonas onde a legislação sobre qualidade do ar não é cumprida. Para além disso, propôs-se sensibilizar as autoridades e o público geral sobre a poluição urbana e os seus efeitos na saúde.

 

Página do projeto Cleanair (Portugal como caso de estudo):

http://legal.cleanair-europe.org/legal/portugal/lawsuits-and-decisions/

Coolproducts

cool productsO Grupo de Energia e Alterações Climáticas assegura a presença regular da Quercus na campanha europeia Coolproducts, a cargo do Secretariado Europeu de Ambiente (EEB) e da Organização Europeia dos Cidadãos para a Normalização no Domínio do Ambiente (ECOS), a qual pretende aumentar a ambição na revisão e implementação das Diretivas 2010/30/UE e 2012/27/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, relativas à rotulagem energética e conceção ecológica de produtos, respetivamente.  

Site:https://www.coolproducts.eu/

Políticas de transporte mais sustentáveis

icone automovel 01Com o apoio da Federação Europeia dos Transportes e Ambiente (T&E) e da European Climate Foundation (ECF), a Quercus tem desenvolvido ações de sensibilização e comunicação sobre:

 

(1) Biocombustíveis, com o objetivo de aumentar o conhecimento do público em geral sobre os impactes associados à sua produção e consumo (como desflorestação, alterações de uso do solo, emissões GEE, preço dos alimentos), e influenciar os decisores e outros interessados a nível nacional e europeu;  

(2) Redução das emissões poluentes do transporte rodoviário, através da adoção de políticas ambiciosas no que diz respeito à qualidade dos combustíveis rodoviários; aos limites de emissão de CO2 nos veículos ligeiros de passageiros, comerciais e pesados (camiões) mais exigentes; bem como o apoio na tomada de decisão, a nível europeu, sobre a revisão dos procedimentos de teste de emissões dos veículos, e assim promover uma boa aplicação das regras da União Europeia sobre estes temas;

(3) Outros assuntos relevantes sobre política de transportes, como mobilidade elétrica, aviação e transporte marítimo internacionais, transportes no regime europeu de Comércio de Licenças de Emissão, etc.).  

 

Em concreto, estas ações incluem a sensibilização das entidades competentes nacionais para a tomada de decisão em momentos-chave do processo legislativo da UE; comunicação ao público em geral, via imprensa e meios de comunicação próprios da Quercus; e a preparação e divulgação de materiais informativos.

Topten.pt

topten 250projeto Topten.pt, iniciado em 2007, é uma ferramenta online disponível em topten.pt que permite aos consumidores conhecer os modelos mais eficientes à venda no mercado português, em várias categorias de produtos. Na seleção dos equipamentos a eficiência energética é o critério fundamental, sendo também considerado o ciclo de vida dos produtos, os impactes na saúde, no ambiente e o seu nível de qualidade.

 

O Topten.pt está inserido no Euro-Topten Act, um projeto europeu financiado pelo Horizonte 2020, que reúne 17 parceiros de 16 países. Em Portugal, o projeto é da responsabilidade da Quercus e da ADENE – Agência para a Energia.

 

Site oficial:www.topten.pt

Ecocasa

Ecocasaprojeto EcoCasa, criado em 2004, trabalha de forma permanente ao nível da sensibilização e educação ambiental com vista à poupança de recursos a nível doméstico. Tendo-se focado inicialmente nos temas da eficiência energética, energias renováveis e construção sustentável, alargou rapidamente o seu âmbito de intervenção, passando a desenvolver conteúdos e ações noutras áreas do quotidiano, como o consumo de água, a mobilidade sustentável e o consumo sustentável.

 

Além de toda a informação disponível para consulta no site oficial em www.ecocasa.pt, que disponibiliza também simuladores de poupança a vários níveis, o projeto já potenciou o estabelecimento de diversas parcerias, muitas delas na origem de novos projetos dentro deste grupo de trabalho, nas diversas áreas abrangidas.

 

Site oficial:www.ecocasa.pt

ClimAdaPT.Local

climadaptprojeto ClimAdaPT.Local irá desenvolver Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) em parceria com 26 respetivas autarquias e desenvolver um programa formativo sobre o tema junto dos técnicos municipais.

 

O consórcio responsável pelo ClimAdaPT.Local é constituído por entidades portuguesas e norueguesas (académicas, empresas, ONG e municípios) – entre as quais a Quercus – envolvidas em estudos, elaboração de estratégias e implementação de ações de adaptação, assim como no planeamento e gestão do território ao nível municipal e regional.

 

O ClimAdaPT.Local é financiado pela Islândia, Lichestein e Noruega, através dos EEA Grants, e pelo Fundo Português de Carbono, gerido pela APA.

Site oficial: http://climadapt-local.pt

Campanha sobre Bioenergia (Biomassa e Biocombustíveis)

biofuelsCom o apoio da Stichting Birdlife Europe, a Quercus desenvolver ações de comunicação e sensibilização de decisores políticos ao nível nacional e europeu (Parlamento e Conselho Europeu) para a revisão de políticas europeias existentes sobre biocombustíveis e biomassa, no sentido de minimizar os impactos negativos e reforçar o papel e a sustentabilidade do uso da bioenergia no quadro do Pacote Energia e Clima para 2030.

FROnT - Fair RHC Options And Trade

FRONTO propósito do projeto Front é o de identificar e promover opções e soluções que promovam uma competição saudável, equilibrada e justa entre as diferentes tecnologias, tendo por objetivo aumentar a utilização de energias renováveis no aquecimento e arrefecimento na UE. O projeto visa os três setores: residencial, serviços e indústria.

 

O consórcio é composto por 12 entidades do setor público, privado e não governamental e a sua estrutura visa promover um diálogo estruturado entre diferentes stakeholders: indústria, agências de energia, ONG e peritos.

 

O projeto Front é financiado pelo programa Inteligent Energy Europe e tem a duração de 30 meses.

 

Site oficial:www.front-rhc.eu

Energy Off - Smart Offices

energy offO projeto Energy Off é promovido pela RNAE – Associação das Agências de Energia e Ambiente, em parceria com a Inteli e a Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, e apoiado pela ERSE no âmbito do Plano de Promoção para a Eficiência no Consumo de Eletricidade, ao qual foi submetido sob o título de Smart Offices.

A medida Energy Off pretende melhorar a eficiência energética nos escritórios das pequenas e médias empresas portuguesas.

 

O Energy Off disponibiliza aos decisores e técnicos das empresas meios para que possam melhorar a sua literacia energética e fiquem capacitados para atuarem na redução dos consumos dos escritórios. Para isto será desenvolvida uma ferramenta de diagnóstico e gestão dos consumos de energia elétrica, para além de materiais e ações de formação.

 

Site oficial: http://energyoff.pt/ 

MarketWatch

 

marketwatchprojeto MarketWatch, desenvolvido desde abril de 2013, foi financiado pelo Intelligent Energy Europe. Pretendeu fomentar o envolvimento da sociedade civil nas atividades de vigilância de mercado relacionadas com a conceção ecológica e com a rotulagem energética, tendo como objetivo final o aumento da conformidade dos produtos na União Europeia.

Liderado pelo Energy Saving Trust do Reino Unido, o projeto envolveu 16 parceiros europeus, entre organizações não governamentais, agências de energia e associações de consumidores, tendo a Quercus sido responsável pela sua implementação em Portugal.

 

Site oficial:www.market-watch.org.pt

Campanha sobre combustíveis fósseis não convencionais

petroleo copyA Quercus, com o apoio da JMG Foundation, desenvolveu ações no sentido de sensibilizar a opinião pública e influenciar os decisores políticos, a nível nacional e europeu (Parlamento e Conselho Europeu) sobre os impactos ambientais, sobretudo climáticos, associados com a exploração e consumo de combustíveis fósseis não convencionais na Europa (como as areias betuminosas e o petróleo de xisto), e assim contribuir para a implementação efetiva da Diretiva sobre a Qualidade dos Combustíveis em Portugal.

Estudo de Eficiência Hídrica nos Edifícios e Espaços Públicos da Lezíria do Tejo

torneiraEm 2014, o Grupo de Energia e Alterações Climáticas da Quercus desenvolveu um Estudo de eficiência hídrica nos edifícios e Espaços Públicos da Lezíria do Tejo, tendo em vista a melhoria da eficiência hídrica na sua utilização. Este estudo incidiu sobre 5 edifícios públicos com diferentes fins e 1 jardim público, em cada um dos 11 municípios da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT): Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém.

EcoConsumo

O projeto EcoConsumo – Ferramentas de apoio para o consumo sustentável de energia e água, surgiu com o objetivo de procurar ajudar a reduzir essa pressão nos orçamentos das famílias, nomeadamente pela atuação nas áreas da água e da energia com vista à redução das faturas das famílias nestes bens. Nestas áreas existem medidas simples, quer pela alteração de comportamento, quer através de investimentos de valor reduzido, que é possível desenvolver para reduzir o seu consumo, com um impacte positivo na economia doméstica.

Este projeto foi apoiado pelo Fundo para a Promoção dos Direitos do Consumidor.

Conversas com Ambiente & Ecofamílias da Póvoa

casa3Esta  parceria  entre o Grupo de Energia e Alterações Climáticas da Quercus e a  Câmara  Municipal de Vila Franca  de  Xira teve como objetivo fomentar a utilização racional dos recursos naturais no dia-a-dia das famílias da Póvoa, sensibilizando os cidadãos para a alteração de comportamentos, com vista a um desenvolvimento que se quer mais sustentável.

 

O projeto consistiu em duas componentes, pretendendo alcançar por um lado um grupo de 30 famílias na freguesia  da  Póvoa  de  Santa  Iria,  com  as  EcoFamílias  da Póvoa (visitas e levantamento de hábitos de consumo de energia e água e de produção de resíduos), e por outro abranger toda a população da freguesia, com as sessões de senbilização “Conversas com Ambiente”.

Campanha sobre gases fluorados de elevado impacte climático

refrigeratorEntre 2013 e 2016, a Quercus estabeleceu dois protocolos com a Environmental Investigation Agency (EIA) para desenvolver ações de comunicação e de sensibilização dos decisores políticos a nível nacional e europeu (Parlamento e Conselho Europeu) para a eliminação gradual dos hidrofluorcarbonetos com elevado poder de aquecimento global em equipamentos de refrigeração e climatização, através da revisão e implementação efetiva do regulamento europeu sobre gases fluorados (Regulamento (UE) n.º 517/2014, do Parlamento Europeu e do Conselho).

Página:http://www.quercus.pt/estudos-grupo-energia-alteracoes-climaticas/809-gases-fluorados

Campanha 'Do The Right Mix'

DoTheRightMixA campanha da Comissão Europeia ‘Do The Right Mix‘ (Faça o Mix Certo) envolveu a realização de sessões de informação e sensibilização em escolas de todo o país, com o objetivo de promover uma nova cultura de mobilidade urbana sustentável. No âmbito do projeto, foram visitadas 27 escolas de norte a sul do país e realizadas 40 palestras sobre o tema que contaram com a participação de 155 professores e 2.371 alunos de vários níveis de ensino (básico, secundário e profissional).

 

Nestas sessões, pretendeu-se chamar a atenção da comunidade escolar para os impactes sociais e ambientais dos transportes – com particular incidência no transporte rodoviário – as vantagens e desvantagens dos diferentes modos de transporte, bem como a importância de explorar as suas combinações e promover a adoção de novos hábitos de mobilidade nas cidades portuguesas.

Página:http://quercus.pt/campanhas/campanhas/do-the-right-mix

Campanha sobre Ruído de tráfego

planeEsta campanha europeia, promovida pela Federação Europeia dos Transportes e Ambiente (T&E),  teve como objetivo sensibilizar a população em geral sobre o ruído ambiente, com particular incidência sobre o ruído de tráfego (rodoviário, ferroviário e aeroportuário). Foram realizadas várias ações de sensibilização junto do público em geral e de entidades com competência em matéria de ruído, bem como várias medições de ruído em pontos críticos da cidade de Lisboa, entre novembro de 2012 e janeiro de 2013.

Foi ainda realizado um inquérito a residentes e trabalhadores na cidade de Lisboa para perceber de que forma a população está sensível ao ruído enquanto problema ambiental, sobretudo nas zonas onde o ruído foi medido. Esta campanha permitiu concluir que Portugal está em incumprimento da legislação nacional e europeia sobre ruído, e que a exposição ao ruído é um problema ambiental esquecido nas cidades portuguesas

Come On Labels

ComeOnLabelsO projeto Come On Labels teve por objetivo dar apoio à implementação do novo sistema de rotulagem energética, bem como recolher e divulgar as melhores experiências europeias relacionadas com esta temática. O seu objetivo é incrementar a visibilidade e a credibilidade da etiqueta energética europeia melhorando o desempenho energético dos produtos etiquetados, através de uma tomada de decisão mais informado do consumidor.

 

O projeto foi financiado pelo programa europeu “Intelligent Energy – Europe” (IEE) da Comissão Europeia. Em Portugal, é da responsabilidade da Quercus e co-financiado pela Agência para a Energia (ADENE).

 

Site oficial:  www.come-on-labels.eu

Escolas Amigas da Água

escolas amigas da agua O projeto Escolas Amigas da Água pretendeu contribuir para o conhecimento dos consumos de água dentro de uma escola e diferenciá-los por utilização, sensibilizando a comunidade escolar para a importância do uso eficiente da água.

 

Além de conseguir uma maior eficiência na utilização deste recurso por parte das escolas participantes, foram realizadas várias atividades didáticas sobre o tema.

 

No ano letivo 2010/2011, o projeto decorreu apenas no Algarve, em parceria com a Águas do Algarve, SA.

No ano letivo 2011/12, além do Algarve, o projeto estendeu-se a Coimbra, em parceria com a Águas de Coimbra, e aos Municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas, em parceria com a Águas do Ribatejo.

Família Oeiras Ecológica

familia oeiras ecologica logoprojeto Família Oeiras Ecológica tem como principal objetivo fomentar a alteração de comportamentos e sensibilizar famílias do Concelho de Oeiras para as temáticas da energia, da água, dos resíduos, da mobilidade, do jardim e do consumo sustentável.

 

Este projeto já contou com três edições, com o acompanhamento de 50 famílias em 2009, 2011 e 2013.

Ecosave

ecosaveprojeto EcoSave teve por objetivo avaliar em que medida a forma como cada um de nós utiliza os eletrodomésticos no dia-a-dia pode contribuir para aumentar o seu consumo. Neste âmbito foram realizados ensaios de utilização do frigorífico, da arca congeladora, da máquina de lavar roupa, da máquina de lavar louça, da máquina de secar roupa e também do forno elétrico.

 

Com base nos resultados obtidos foi produzido um simulador e um guia de eficiência energética, que podem ser consultados na página do projeto.

 

Site oficial:www.ecosave.org.pt

Boas práticas ambientais no ISS

plugO projetoPlano de Boas Práticas Ambientais para os Edifícios do Instituto de Segurança Social teve por objetivo conhecer as práticas seguidas em 27 edifícios de escritórios do ISS, identificando os bons hábitos já existentes e os potenciais de atuação em cada um dos edifícios, servindo como base para elaborar um Manual de Boas Práticas ambientais que servisse de referência para os restantes edifícios do ISS.

EcoFamílias Água

torneiraO projecto EcoFamílias – Água teve o seu início em 2008, numa parceria com a Águas do Algarve, SA, tendo como objetivo a alteração de comportamentos no consumo de água, pelo contacto direto com famílias. O projeto visava acompanhar 10 famílias da região do Algarve, analisar os seus consumos de água e delinear planos de uso eficiente de água para as famílias abrangidas. Este projeto permitiu também avaliar os benefícios de instalação de redutores de caudal em torneiras e chuveiros.

 

Posteriormente o projeto estendeu-se a outras zonas do país: Município de Mafra (2009), região Oeste (2010) e Município de Coimbra (2011). Na região Oeste, para além do acompanhamento das famílias, efetuou-se também a monitorização de uma escola.

EcoFamílias 30 | EcoFamílias 225 | EcoFamílias II

casa3O programa EcoFamílias surgiu com o objetivo de avaliar a capacidade real das famílias portuguesas em reduzir o consumo energético de suas casas a partir de duas linhas de ação. Por um lado, implementando medidas concretas com vista à eficiência energética das habitações. Por outro, incentivando os cidadãos a alterarem os seus comportamentos diários, de modo a promover o consumo racional de energia.

O programa teve até agora três edições. Em 2005/2006 acompanhou 30 famílias de Oeiras, Lisboa e Sintra; em 2007 acompanhou 225 famílias de todo território continental; entre 2009/2011 o EcoFamílias II acompanhou 1000 famílias também de todo o território continental.

ecoIPSS

 O projeto ecoIPSS, dirigido especificamente às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), efetuou o diagnóstico de comportamentos de consumo de cada instituição; providenciou aconselhamento direto e personalizado; elaborou programas comportamentais com vista a reduzir os consumos de energia elétrica e prestou informações sobre o tipo de equipamentos mais eficientes que poderão ser adquiridos de acordo com a capacidade financeira e considerando o retorno do investimento.

 

O projeto ecoIPSS decorreu entre 2009 e 2010 e contemplou o acompanhamento de 20 instituições nos distritos de Lisboa, Porto e Faro.

Ecobrigadas

ECOBRIGADAS logo transparenciaprojeto Ecobrigadas percorreu todos os distritos de Portugal Continental. Teve como objetivos: transmitir informação sobre eficiência e redução dos consumos de energia, energias renováveis e microgeração, arquitetura e soluções construtivas; identificar o potencial de poupança por alteração de comportamentos das famílias visitadas e efetivar o potencial identificado pela anulação de consumos de standby e off-mode; delinear planos de gestão da procura para as famílias abrangidas; e promover a informação sobre eficiência energética e energias renováveis nas escolas.

coFamílias Planet Meº

plugprograma EcoFamílias – Planet Meº abrangeu 134 famílias de colaboradores da empresa TNT, entre 2007 e 2009. O objetivo foi sensibilizar as famílias para a necessidade de atender aos valores ambientais no quotidiano e alterar hábitos de consumo e comportamentos, tendo em vista a redução de emissões de gases com efeito de estufa (GEE).

 

Pretendeu-se atingir este objetivo através da redução efetiva das emissões associadas a cada colaborador TNT, diminuindo o consumo de eletricidade em casa – componente habitação – bem como alterando os consumos associados às viagens pendulares (casa-trabalho-casa) – componente mobilidade. No segundo ano do projeto foi ainda incluída a componente de resíduos.

EcoCafés

plug

O programa EcoCafés foi desenvolvido pelo Grupo de Energia e Alterações Climáticas da Quercus, a Câmara Municipal de Oeiras e a OEINERGE. Este programa teve como objetivos principais a avaliação do potencial de poupança no sector da restauração, pela alteração de comportamentos e a promoção da eficiência do consumo energético no sector da restauração. Para este projeto, foram selecionados e acompanhados 10 cafés do concelho de Oeiras.

ECOTour

ecotourprojeto ECOTour contou com duas edições, em 2006 e 2007. Pretendeu ser uma campanha de sensibilização ambiental inovadora, de âmbito nacional, junto da comunidade escolar e também do público em geral, nas áreas da mobilidade sustentável, poupança energética e energias renováveis.

Os principais objetivos do projeto foram abordar de uma forma prática, com vista à mudança de comportamentos e atitudes, algumas das questões relacionadas com os temas definidos; divulgar a tecnologia do veículo híbrido Toyota Prius e do protótipo de um veículo alimentado a hidrogénio – “Fuel Cells” –, também desenvolvido pela Toyota.

Eficiência Energética

Energias Renováveis

Transportes

Biocombustíveis

Política Climática

Ruído e Qualidade do AR

Gases Fluorados

QUERCUS

Contactos

Se tem dúvidas, sugestões ou deseja fazer uma denúncia relacionada com esta área de intervenção, contacte-nos através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.”>ecocasa@quercus.pt

Responderemos o mais brevemente que nos for possível.