Instituições Particulares de Solidariedade Social podem candidatar-se a receber gratuitamente uma Auditoria Energética

Até dia 15 de Dezembro de 2018

 

Decorrem até ao próximo dia 15 de Dezembro as candidaturas para as Instituições Particulares de Solidariedade Social receberem gratuitamente uma Auditoria Energética que vai determinar quais as medidas de racionalização do uso de energia mais adequadas a cada instituição. Ao todo, serão selecionadas para a realização destas Auditorias, 40 IPSS de todos os distritos de Portugal Continental, estando estas ações enquadradas na medida ‘Auditorias Energéticas a IPSS’, promovida pela EDP Comercial, em parceria com a Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza.

 

Os edifícios de uso coletivo têm sem dúvida um enorme potencial de poupança energéticae as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) desempenham um papel fundamental. O objetivo da medida ‘Auditorias Energéticas a IPSS’, promovida pela EDP Comercial, em parceria com a Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza, passa por sensibilizar e informar as IPSS (Direções, utentes e funcionários) sobre os seus consumos de energia elétrica e em que áreas podem reduzir os mesmos, de forma a evitar o desperdício de energia, tornando-se energeticamente mais eficientes.

 

Até ao próximo dia 15 de Dezembro, as IPSS candidatas e selecionadas com base no seu maior potencial, irão receber gratuitamente uma auditoria energética nas suas instalações, cujos resultados serão depois comunicados individualmente em cada uma das instituições, conjuntamente com a realização de uma sessão de sensibilização para toda a comunidade.

 

As auditorias energéticas irão permitir determinar quais as medidas de racionalização do uso de energia mais adequadas a cada instituição e aferir a respetiva viabilidade económica. As medidas em causa serão com certeza muito diversas, podendo ir de simples alterações na gestão energética quotidiana à contratação de um tarifário de fornecimento de eletricidade mais adequado.

 

 

Estes são alguns benefícios da medida ‘Auditorias Energéticas a IPSS’ para as instituições participantes:

 

Informação sobre os respetivos consumos de energia elétrica, através de uma análise detalhada e segmentada por tipos de uso;

 

Sessão de sensibilização direcionada para toda a comunidade, para promover hábitos e atitudes energeticamente eficientes;

 

Elaboração de um plano de intervenção para alteração de comportamentos e redução dos consumos de energia;

 

Recomendações através de medidas concretas e quantificadas que permitem a redução dos custos de energia elétrica na fatura mensal;

 

Indicação das soluções mais adequadas às necessidades, de forma a melhorar o conforto térmico e desempenho energético da IPSS, seja através de substituição de equipamentos ou implementação de novas soluções.

 

 

Finda a auditoria e divulgados os resultados da mesma, caberá a cada IPSS a decisão de implementar as medidas sugeridas, estando a implementação das soluções fora do âmbito desta iniciativa.

 

As IPSS interessadas em participar nesta medida devem fazer a sua candidatura, até ao próximo dia 15 de Dezembro, em: https://www.edp.pt/empresas/candidaturas-ppec/

 

A medida ‘Auditorias Energéticas a IPSS’ é financiada a 100% pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC).

 

 

Lisboa, 27 de novembro de 2018

A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

A EDP Comercial

 

 

 

Share
Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb