Quercus participou na consulta pública com parecer desfavorável ao Campo de Golfe da Herdade da Abrunheira, em Portalegre

golfeA Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza participou na consulta pública do Estudo de Impacte Ambiental do Campo de Golfe da Abrunheira, Portalegre, que terminou ontem, dia 11 de abril. A Quercus manifestou o seu parecer negativo em relação a este projeto que pretende implantar um campo de golfe de 18 buracos no concelho de Portalegre.

 

Considera a Quercus que é um absurdo e uma falta de estratégia a implantação deste tipo de infraestruturas em pleno Alentejo, dadas as condições climáticas da região onde são manifestos os riscos de desertificação e onde não existe água para a rega constante de um campo de golfe, levando a que a aposta local no golfe seja claramente uma aposta errada. Sabendo-se também que as previsões apontam para que no futuro a aridez desta região venha a ser ainda maior, a insistência do Estado e de alguns investidores privados neste tipo de iniciativas parece confirmar mais uma vez uma visão de curto prazo e de lucro imediato, sem respeito por um desenvolvimento que deveria ser sustentável, em respeito pelos valores naturais e pelo futuro do país e da região.

 

O dinheiro público dos fundos comunitários, que financia em 75% os projetos turísticos no Alentejo, deveria antes ser aplicado em pequenos projetos de turismo sustentável e não em projetos insustentáveis de 4 milhões e 550 mil euros, como é o caso deste projetado campo de golfe. De resto, na região de Portalegre já existe o clamoroso exemplo do fracasso do campo de golfe de Ammaia, Marvão, bem visível no abandono atual dos terrenos e edifícios associados, exemplo que deveria inspirar muito maior lucidez e responsabilidade às instituições públicas que franqueiam as portas a vultuosos empreendimentos deste cariz.

 

O que parece estar aqui em causa é uma operação urbanística de conversão de solo rural em solo urbano, visto no presente Estudo de Impacte Ambiental se referir um futuro loteamento do empreendimento turístico que não é alvo do atual EIA. Se isto vier a ocorrer, haverá assim uma apropriação das mais-valias pelos promotores do projeto, à semelhança do que ocorre em muitos outros casos por todo o país com a conivência do Estado, mas num claro prejuízo para o interesse público. Os promotores do atual projeto em avaliação promoveram anteriormente o Plano de Pormenor da Herdade da Abrunheira, com as implicações que a iniciativa terá a todos os níveis e aquando da aprovação deste Plano, a Quercus teve já oportunidade de manifestar a sua oposição junto do Município de Portalegre, por ser desfavorável à criação deste campo de golfe.

 

A Quercus considera igualmente que não são devidamente acautelados alguns habitats prioritários, como os Charcos Temporários Mediterrânicos e as Subestepes de gramíneas e anuais da Thero-Brachypodietea (habitats da Diretiva habitats na União Europeia). A nidificação da Cegonha-preta no local irá também ficar claramente comprometida caso o projeto avance, já que, sendo esta uma espécie muito esquiva, com o aumento de presença humana que se prevê, deixará certamente de ocorrer nesta área. É de salientar que esta espécie apresenta um estatuto de "Vulnerável" em Portugal, segundo o Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal (ICN, 2005).

 

Para além dos impactos ambientais diretos nos habitats, espécies, solos e recursos hídricos, é a opinião da Quercus que o consumo de água e a alteração do uso do solo deverão ser também fatores fundamentais na análise geral do projeto. Assim, e dado que neste caso não existe um claro beneficio para o bem público que todos temos obrigação de preservar, a Quercus considera que o Governo deverá emitir uma Declaração de Impacte Ambiental "desfavorável" ao projeto em avaliação.

 

Portalegre, 12 de Abril de 2013

 

A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza


A Direção do Núcleo de Portalegre da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

 

 

Share

 

Quercus TV

 

 

                            

 

Mais vídeos aqui.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb