ONG alertam Sampaio para preservação do Rio Sabor

Algumas associações ambientalistas vão alertar o Presidente da República para a necessidade de proteger o Rio Sabor da construção de uma grande barragem, actualmente em discussão pública.

 

No âmbito da Presidência Aberta que decorre hoje e amanhã no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros e onde um dos temas fortes é a necessidade de compatibilizar os investimentos em energias renováveis com a conservação da natureza, a Plataforma Sabor Livre vai amanhã, cerca das 14.30h, promover uma chamada de atenção do Presidente da República para a necessidade de preservar o importante património do rio Sabor, inviabilizando a construção de uma grande barragem neste afluente do rio Douro. 

 

Actualmente, está a decorrer até 2 de Março a discussão pública do estudo de impacte ambiental relativo a este empreendimento.

 

Note-se que as barragens, em particular as denominadas grandes hídricas, são, no quadro das energias renováveis, os investimentos considerados menos de acordo com um desenvolvimento sustentável, pelos fortes impactes ambientais que representam, e com mais valias que nem sempre são efectivamente asseguradas e justificadas.

 

A Plataforma Sabor Livre é formada pelas associações QUERCUS (Associação Nacional de Conservação da Natureza), LPN (Liga para a Protecção da Natureza), Fapas - Fundo para a Protecção dos Animais Selvagens), GEOTA (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente), OLHO VIVO e SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves), que se uniram para salvaguarda do rio Sabor sem barragens.

 

Lisboa, 9 de Fevereiro de 2004

 

Por favor consulte mais informação em http://www.saborlivre.org/

 

 

 

Share

Quercus TV

       

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb