Mega-urbanização em Nova Setúbal: Pareceres do Tribunal de Contas e da administração central

A Câmara Municipal de Setúbal promoveu nos últimos anos o desenvolvimento e a tentativa de ratificação pela administração regional, central e pelo Governo de um Plano de Pormenor que envolve a viabilização de uma Mega-urbanização para cerca de trinta mil habitantes a Oeste da cidade de Setúbal, vulgarmente conhecida por "Nova Setúbal", conduzindo à destruição de centenas de sobreiros e à construção de um complexo desportivo envolvendo a edificação de um estádio municipal e indirectamente a destruição do actual Estádio do Bonfim para ser ocupado por habitação e serviços.

 

A Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza e um grupo de Cidadãos de Setúbal, apresentaram no dia 12 de Março de 2003, um pedido de inspecção/fiscalização ao Plano Pormenor da Quinta do Vale da Rosa e da Zona Oriental de Setúbal - Projecto Nova Setúbal, dirigido ao então Ministro das Cidades, 0rdenamento do Território e Ambiente e ao Inspector-geral da Administração do Território.

 

Os signatários vêm nesta altura convocar os órgãos de informação para uma conferência de imprensa a realizar no dia 26 de Agosto, 5ª feira, pelas 11 horas, no Hotel Bonfim, Av. Alexandre Herculano 56/8, em Setúbal, para divulgação das resoluções do Tribunal de Contas e da Direcção Geral e Ordenamento e Desenvolvimento Urbano, sobre o mesmo Plano Pormenor. 

 

Agradecemos antecipadamente a vossa presença.

 

A Direcção Nacional da Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza

Lisboa, 25 de Agosto de 2004

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb