Quercus apresenta selo de qualidade para promover Turismo sustentável

LOGO CERES ECOTURChama-se Ceres Ecotur/Eceat e é um selo de qualidade que certifica os diferentes operadores turísticos em meio rural e natural, que promovam atividades turísticas respeitando o meio onde se inserem. A apresentação é dia 30 de Novembro, a partir das 9h30, no Auditório Municipal de Boticas.

 

A Quercus pretende promover a qualidade ambiental nas atividades turísticas através de um sistema de gestão que potencialize um Turismo sustentável e com retorno direto à comunidade onde se insere.Apresenta agora este novo selo de qualidade, baseado em experiências realizadas por outros rótulos ecológicos na Europa, num momento em que se verifica um acentuado crescimento do turismo no nosso país bem como a prática de atividades na natureza.

 

Segundo João Branco, Presidente da Quercus, ”a atribuição deste selo encerra em si uma componente filosófica e ideológica, defendendo que o Turismo deve estar ligado às populações e á agricultura local”.

 

É pelo respeito dos costumes e práticas amigas do ambiente, que se promove uma certificação que acolhe adeptos por todo o mundo, numa altura em que a ONU declara 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável.

 

Numa primeira fase serão aplicados os sistemas de qualidade desenvolvidos pela Fundação espanhola Ecotur, membro e representante da Eceat (European Centre for EcologicalandAgriculturalTourism), adaptado à nossa realidade e acompanhado pela Federação de Turismo Rural de Portugal. Os interessados serão alvos de um processo de avaliação e deverão cumprir rigorosos critérios de sustentabilidade e responsabilidade social.

 

Boticas, Arcos de Valdevez e Idanha-a-Nova são os três primeiros concelhos de acolhimentodeste novo “ecolabel” que é, prioritariamente, um referencial de boas práticas ambientais por parte das empresas do setor, que com a sua atividade devolvem à comunidade onde se inserem, mais–valias que lhes permita criar melhores condições de vida.

 

Sendo o turismo em Portugal um dos sectores com maior crescimento económico, tendo vindo a afirmar-se como um motor de desenvolvimento das populações, bem como uma das maiores bandeiras de promoção do país no estrangeiro, é necessário garantir a implementação de mecanismos que promovam, sensibilizem e orientem os diferentes agentes turísticos que operem em espaço rural e natural, para a utilização sustentável do meio.

 

 

Share
Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb