Escolas de Portugal Continental podem receber auditoria energética gratuita

etiqueta energeticaEstá a decorrer até ao dia 3 de março a segunda fase de candidaturas do projeto ‘Auditorias Energéticas a Escolas’, promovido pela EDP Comercial, em parceria com a Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza. Esta medida está aberta a todos os edifícios escolares de Portugal Continental, que podem inscrever-se de forma gratuita e voluntária.

 

O objetivo passa por sensibilizar e informar as escolas sobre os seus consumos de energia elétrica e em que áreas podem reduzir os mesmos, de forma a evitar o desperdício de energia, tornando-se energeticamente mais eficientes.

A ficha de candidatura está disponível em www.ecocasa.pt.

 

As candidaturas recebidas serão alvo de uma seleção e posteriormente comunicadas. As escolas participantes receberão gratuitamente uma auditoria energética, cujos resultados serão comunicados em cada instituição de ensino, estando ainda prevista a realização de uma sessão de sensibilização para toda a comunidade escolar.

 

O projeto Auditorias Energéticas a Escolas está aberto a todas as escolas do território continental, que deverão respeitar os seguintes critérios de seleção:

• Consumos elétricos anuais superiores a 18.000€;

• Não ter sido abrangidas pelo programa do Parque Escolar;

• Não ter sido alvo de intervenções a nível energético nos últimos 5 anos.

 

 

Esta medida trará os seguintes benefícios diretos para as escolas participantes:

 

• Informação sobre os consumos de energia elétrica, através de uma análise detalhada e segmentada por tipos de uso;

• Uma ação de sensibilização direcionada a toda a comunidade escolar que visa promover hábitos e atitudes energeticamente eficientes;

• Elaboração de um plano de intervenção ao nível de alteração de comportamentos e redução de consumos de energia;

• Recomendações através de medidas concretas e quantificadas que permita a redução dos custos de energia elétrica na fatura mensal;

• Indicação das soluções mais adequadas às necessidades, de forma a melhorar o conforto térmico e desempenho energético da escola, seja através de substituição de equipamentos ou implementação de novas soluções.

 

Esta medida é financiada a 100% pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC), pelo que a participação no projeto não implica qualquer custo para a escola.

 

Lisboa, 26 de fevereiro de 2016

 

Share
Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb