Seminário de Encerramento do Projeto ClimAdaPT.Local decorrerá a 9 de Dezembro, em Coimbra

Apresentadas as Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas

 

clima

 

Decorrerá, na próxima sexta-feira, dia 9 de Dezembro de 2016, o Seminário de Encerramento do Projeto ClimAdaPT.Local, que terá lugar no Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra, entre as 9h e as 18h, e contará com a presença do Sr. Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins.

 

Durante este evento, serão apresentadas as Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) de cada um dos 26 municípios beneficiários do projeto (1) e atribuídos os certificados aos 52 técnicos municipais envolvidos na elaboração da cada EMAAC.

 

Será também assinada a Carta de Compromisso para a criação da Rede Nacional de Municípios para Adaptação às Alterações Climáticas.

 

Este evento pretende abordar o tema da Adaptação às Alterações Climáticas, tornando visível o que tem sido feito à escala local e nacional e promovendo o palco para se desenhar o futuro da Adaptação Local em Portugal.

 

O projeto ClimAdaPT.Local decorreu entre 2014 e 2016, tendo sido um pioneiro a nível nacional, com o objetivo principal de capacitar diversas autarquias do território nacional (continente e ilhas) para a elaboração das suas Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC).

 

Programa completo disponível aqui.

 

A participação é gratuita mediante inscrição prévia, que poderá ser feita a partir do formulário disponível em http://climadapt-local.pt.

 

 

Enquadramento do projeto

 

O consórcio responsável pelo ClimAdaPT.Local é liderado pelo centro de investigação CCIAM/CE3C da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e constituído por entidades portuguesas e norueguesas (académicas, empresas, ONG e municípios) – entre as quais a Quercus – envolvidas em estudos, elaboração de estratégias e implementação de ações de adaptação, assim como no planeamento e gestão do território ao nível municipal e regional.

O projeto ClimAdaPT.Local está integrado no Programa AdaPT, gerido pela Agência Portuguesa do Ambiente, IP (APA, IP), enquanto gestora do Fundo Português de Carbono (FPC), no valor total de 1,5 milhões de euros cofinanciados a 85% pelo EEA Grants e a 15% pelo FPC. O projeto beneficia de um apoio de 1,270 milhões de euros da Islândia, Liechtenstein e Noruega através do programa EEAGrants, e de 224 mil euros através do FPC.

(1) Os 26 municípios beneficiários do ClimAdaPT.Local são: Amarante, Barreiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Castelo de Vide, Coruche, Évora, Ferreira do Alentejo, Figueira da Foz, Funchal, Guimarães, Ílhavo, Leiria, Lisboa, Loulé, Montalegre, Odemira, Porto, São João da Pesqueira, Seia, Tomar, Tondela, Torres Vedras, Viana do Castelo e Vila Franca do Campo.

Share

 

Quercus TV

 

 

                            

 

Mais vídeos aqui.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb