Quercus e Yves Rocher Portugal recuperam floresta autóctone, com ação de plantação a 2 de Fevereiro

plantarA Quercus e a Yves Rocher Portugal associam-se, a 2 de Fevereiro, pelas 10 horas, numa ação de plantação de espécies autóctones em Vale do Porto, freguesia de Fátima, concelho de Ourém. Esta actividade esteve inicialmente prevista para 19 de Janeiro, mas devido às condições meteorológicas não será possível a sua realização nessa data.

 

Esta iniciativa contará com a presença de colaboradores da Quercus e da Yves Rocher Portugal, bem como da Junta de Freguesia de Fátima que apoia a iniciativa através da cedência do terreno com cerca de 9.000 m2.

 

A área a intervir era uma antiga entulheira que vai ser recuperada através da instalação de cerca de 1.500 plantas pertencentes a 18 espécies, nomeadamente medronheiro (Arbutus unedo), carvalho-português (Quercus faginea) e outras espécies da flora local.

 

Esta iniciativa dá continuidade a uma parceria entre a Yves Rocher Portugal e a Quercus para o período 2010-2014, que visa a recuperação do coberto vegetal autóctone em diversos locais do país através da plantação de 165.000 árvores/arbustos autóctones, sobretudo em Áreas Protegidas e Sítios da Rede Natura 2000, no âmbito do projeto "Plantemos Para o Planeta" levado a cabo pela Fundação Yves Rocher – Institut de France.

 

Esta iniciativa insere-se igualmente no projeto "Criar Bosques" da Quercus que tem por objetivo criar e cuidar de bosques de espécies autóctones (árvores e arbustos da flora portuguesa), nomeadamente carvalhais de carvalho-alvarinho (Quercus robur), de carvalho-negral (Quercus pyrenaica), de carvalho-português (Quercus faginea), carvalhais mistos, medronhais, sobreirais (Quercus suber) e azinhais (Quercus rotundifolia), bosques reliquiais de carvalho-de-Monchique (Quercus canariensis), bosquetes de loureiro (Laurus nobilis), bosques paludosos ou aluvionares com amieiro (Alnus glutinosa) e outras espécies ripícolas, bosques de teixo (Taxus baccata) e azevinho (Ilex aquifolium).

 

Na escolha dos locais, das espécies e das técnicas de preparação do terreno e de plantação teve-se em consideração o fomento a diversificação biológica, a conservação dos solos e o papel de regularização do ciclo hidrológico.

 

O compromisso da Fundação Yves Rocher – Institut de France
O objetivo mundial do projeto "Plantemos Para o Planeta" assenta na plantação de 50 milhões de árvores até 2015. O projeto surgiu de um encontro entre Jacques Rocher, presidente honorário da Fundação Yves Rocher – Institut de France e Wangarï Maathaï, que foi prémio Nobel da Paz e madrinha da ação. A Yves Rocher age através da sua Fundação como mandatária oficial para coletar os donativos em benefício de associações especialistas em reflorestação, escolhidas pela sua implicação no terreno. Em Portugal, a associação parceira da Yves Rocher é a Quercus e juntas, assumiram o compromisso de plantar 165.000 árvores/arbustos até 2014.

 

Lisboa, 17 de Janeiro de 2013

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb