Descargas industriais poluentes afectam o Rio Tejo

A 25 Agosto, foram detectados indícios fortes de descargas de origem industrial que contaminaram o Rio Tejo em Vila Velha de Ródão. As autoridades competentes foram alertadas e deslocaram-se ao local para averiguações. O Rio Tejo apresentava uma cor roxa e um forte odor a produtos químicos, tendo mesmo afectado as vias respiratórias de alguns utentes que se encontravam no cais fluvial de Vila Velha de Ródão.

 

Peixes Mortos no Rio Tejo pintado de roxo

 

No local apareceram também peixes mortos, o que indicia uma forte carga tóxica dos efluentes despejados no Rio.

 

Após o alerta diversas autoridades deslocaram-se ao local, nomeadamente o SEPNA - Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente da GNR e do ICNB – Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade. O SEPNA procedeu à recolha de amostras para análise e efectuou outras diligências no sentido de detectar a origem da descarga poluente.

 

A Quercus vai acompanhar a situação e exige apuramento de responsabilidades

 

A QUERCUS irá acompanhar a situação e exige um inquérito com averiguações que permitam a identificação da empresa infractora e o devido apuramento de responsabilidades.

 

 

Castelo Branco, 25 de Agosto de 2011

 

A Direcção do Núcleo Regional de Castelo Branco da Quercus

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb