Minhocas chegam aos Açores

Hoje, dia 21 de Julho, é lançada a primeira pedra da unidade de tratamento de resíduos urbanos com vermicompostagem (compostagem com minhocas) que vai ser construída no concelho do Nordeste, na Ilha de S.Miguel nos Açores, sendo a primeira unidade deste género naquele arquipélago e a 3ª a nível mundial, depois de Famalicão e Beja.

 

Esta solução permite reciclar cerca de 80% dos resíduos urbanos indiferenciados graças ao trabalho das minhocas que digerem toda a matéria orgânica, transformando-a em húmus, permitindo assim reciclar os plásticos, metais e vidro que ficam limpos após a acção das minhocas. A unidade vai ter uma capacidade para cerca de 2500 toneladas por ano, correspondendo a uma população de 5500 habitantes.

 

Para além das vantagens ambientais, esta solução também apresenta custos relativamente baixos face às outras tecnologias disponíveis no mercado, uma vez que grande parte do trabalho é realizado pelas minhocas.

 

O concelho do Nordeste, para além de já possuir um bom sistema de recolha selectiva (porta-a-porta), passa assim também a dispor de uma solução com qualidade para os resíduos que não são recolhidos selectivamente.

 

A Quercus espera que este tipo de solução possa vir a dar um contributo importante para a resolução do problema dos resíduos urbanos nos Açores.

 

A cerimónia de lançamento da primeira pedra terá lugar, às 12h00, no Aterro Sanitário do Nordeste (S.Pedro Nordestino), contando com a presença do Sr.Secretário de Regional do Ambiente dos Açores.

 

 

Ponta Delgada, 21 de Julho de 2009

 

Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza

 

 

 

Share

Quercus TV

       

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb