Dia Mundial da Terra | Dados de 2005 agora conhecidos apontam para 45% de emissões de gases de efeito de estufa acima de 1990, 18% acima do limite de Quioto; 2º pior ano desde 1990 e inicia a campanha ECOTOUR 2007

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza analisou os dados provisórios relativos às emissões de gases de efeito de estufa de Portugal relativos ao ano de 2005 disponibilizados na passada semana no sítio da Convenção das Nações Unidas sobre Alterações Climática.

 

No ano 2005 as emissões de gases de efeito de estufa atingiram cerca de 87 milhões de toneladas (sem se considerar o uso do solo, alteração de uso do solo e floresta) e 91 milhões de toneladas considerando o uso do solo, alteração de uso do solo e floresta. Estes valores aproximaram-se do ano recorde de 2002. Os dados de 2005 agora conhecidos apontam para 45% de emissões de gases de efeito de estufa acima de 1990, 18% acima do limite de Quioto tendo assim este ano sido o 2º pior desde 1990.

 

A situação de seca durante o ano de 2005 agravou as emissões de Portugal em 3,9% entre 2004 e 2005 em relação ao ano-base de 1990. Os incêndios continuam infelizmente a ter um peso importante ao nível do uso do solo, alteração de uso do solo e floresta; enquanto esta área à custa da floresta funcionar como sumidouro era responsável por retirar 3 milhões de toneladas/ano de dióxido de carbono, em 2005 este sector teve uma emissão de 4 milhões de toneladas.

 

O aumento do preço dos combustíveis teve certamente um impacte nas emissões do sector dos transportes que têm apresentado um comportamento praticamente estável.

 

Os dados agora divulgados mostram a extrema dificuldade de Portugal em cumprir o Protocolo de Quioto, cuja meta de 27% de aumento de emissões em relação a 1990 entrará já em vigor em 2008 e justificam as dificuldades que Portugal virá a ter e para os quais a Quercus tem vindo a alertar.

 

pastedGraphic_1.pdf

 

Importação de muita electricidade em 2005 reduziu incumprimento

 

Portugal em 2005 evitou cerca de 1,7 milhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente através da importação de electricidade, 2,6 vezes mais que no pior ano (2002) em termos de emissões; meio milhão de toneladas foram evitadas através do recurso à produção de electricidade a partir da energia eólica (4 vezes maior peso em 2005 que em 2002). O total destas duas parcelas significou 2,2 milhões de toneladas reduziu em 3,8% a percentagem de emissões acima do limite de Quioto.

 

Impactes em Portugal

 

Artigos recentes em processo de publicação e mencionados inclusive por Al Gore quando esteve presente em Portugal, apontam para a possibilidade de um aumento do nível do mar da ordem dos 6 metros já dentro de 34 anos devido ao degelo do Ártico. Os estudos de cientistas portugueses que serão revistos devido aos novos dados globais presentes no 4º relatório do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas em divulgação este ano indicam que o aumento do nível do mar poderá ter um aumento de 110 cm até 2080 afectando 67% da costa portuguesa e contribuindo para uma erosão muito significativa das zonas mais baixas de cidades como o Porto (em particular zona da Ribeira).

 

Entre os impactes previstos para a Península Ibérica mencione-se também a possibilidade de uma redução de 25 a 50% no potencial hidroeléctrico até 2070, o que implica uma redução do potencial de produção das barragens no nosso país.

 

 

ECOTOUR 2007 – NOVAS ENERGIAS EM MOVIMENTO

 

A Quercus, em parceria com a Toyota, levará a cabo, entre 22 de Abril (Dia da Terra) e 5 de Junho (Dia do Ambiente) do corrente ano, uma inovadora campanha de sensibilização e educação ambiental: a ECOTOUR 2007. 

 

A ECOTOUR 2007 realiza a 2ª edição de uma campanha, onde uma equipa composta por dois elementos terá como missão desenvolver diversas sessões de esclarecimento e sensibilização ambiental sobre os temas da Eficiência Energética, Energias Renováveis e Mobilidade Sustentável. Esta campanha conta com várias sessões junto da comunidade escolar, com especial destaque para alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico do 7º ao 9º ano, sendo estimada a participação de 20 escolas, estando programadas aproximadamente 60 sessões para um total de cerca de 2500 jovens alunos. Vão ser promovidos igualmente seminários abertos ao público, nos distritos onde a edição anterior da ECOTOUR recolheu maior entusiasmo.  

 

 

Lisboa, 22 de Abril de 2007

 

 

 

Share

Quercus TV

       

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb