Valorsul Incinera Plásticos dos Ecopontos - Está comprometida a reciclagem feita pelas autarquias e cidadãos da grande Lisboa

A empresa de tratamento de resíduos urbanos da grande Lisboa (Valorsul) está a incinerar 55% dos plásticos recicláveis provenientes da recolha selectiva efectuada pelas câmaras municipais de Lisboa, Loures, Amadora, Vila Franca de Xira e Odivelas.

 

Após análise dos resultados da recolha selectiva e triagem de plástico a nível nacional (1), conclui-se que na estação de triagem da Valorsul a taxa de rejeitados dos materiais do contentor amarelo, onde é colocado o plástico, atingiu um valor de 72%, sendo o triplo da média nacional (24%).

 

Como resultado, em 2004 a Valorsul só reciclou 1,9% do plástico, sendo o segundo pior sistema do país (dos sistemas com mais de 200 mil habitantes). Este sistema só foi ultrapassado pela ERSUC (Distritos de Aveiro e Coimbra) que apresentou um valor de 1,5%. (2)

 

A explicação para estes fracos resultados, só pode ser encontrada no facto de a Valorsul querer queimar o plástico, obrigando assim as câmaras a pagar esse processo, impossibilitando-as simultaneamente de receber o dinheiro a que tinham direito pelo esforço que fizeram na recolha selectiva.

 

No caso da ERSUC, há um interesse desta empresa em instalar um grande incinerador, pelo que tem sistematicamente impedido o lançamento de uma política de reciclagem nos Distritos de Aveiro e Coimbra.

 

Para o país esta situação é grave, uma vez que a Valorsul e a ERSUC abrangem cerca de 22% da população portuguesa que se vê assim impossibilitada de dar o seu contributo para a reciclagem de plástico.

 

Em 2004, Portugal apenas reciclou 2,7% das embalagens de plástico dos resíduos urbanos, quando para 2005 a meta comunitária é de 15%.(2)

 

A Quercus já alertou o Ministério do Ambiente para a situação que ocorre na Valorsul e espera que aquela entidade force rapidamente esta empresa a cumprir as suas obrigações. 

 

Lisboa, 12 de Agosto de 2005

Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

 

(1) – Dados sobre reciclagem cedidos pela Sociedade Ponto Verde e de triagem cedidos pelo Instituto dos Resíduos

(2) – Valores calculados considerando dados fornecidos pelo Instituto dos Resíduos segundo os quais as embalagens de plástico correspondem a 9,4% do peso dos resíduos urbanos.

 

Contactos: Rui Berkemeier (934256581) 

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb