Plataforma SABOR LIVRE reúne com Secretário de Estado do Ambiente

A Plataforma Sabor Livre, constituída pelas associações QUERCUS (Associação Nacional de Conservação da Natureza), LPN (Liga para a Protecção da Natureza), Fapas (Fundo para a Protecção dos Animais Selvagens), GEOTA (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente), OLHO VIVO e SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves), vai reunir hoje, dia 14 de Junho pelas 19 horas com o Secretário de Estado do Ambiente.

 

Face às notícias divulgadas nas últimas semanas sobre a incapacidade incompreensível da Comissão de Avaliação em chegar a uma conclusão sobre qual a hipótese menos gravosa para o meio ambiente (Baixo Sabor versus Alto Côa), e ainda sobre afirmações do Ministro da Economia no sentido da aprovação da barragem do Baixo Sabor, a Plataforma Sabor Livre vai transmitir pessoalmente ao novo Secretário de Estado as suas preocupações e os seus argumentos contra a construção deste empreendimento.

 

A Plataforma Sabor Livre entregará ao actual Secretário de Estado um dossier contendo informação técnica sobre este processo justificando claramente os argumentos defendidos, e um manifesto público assinado por cerca de 340 investigadores ligados ao estudo do ambiente e da sócio-economia onde afirmam peremptoriamente a importância de manter o rio Sabor isento de qualquer barragem.

 

A Plataforma Sabor Livre considera inadmissível que, apesar dos pareceres técnicos das duas entidades estatais com mais conhecimentos sobre o património natural e cultural desta área, ICN (Instituto de Conservação da Natureza) – responsável pela gestão dos Sítios Rede Natura – e IPA (Instituto Português de Arqueologia), terem reprovado a construção da barragem do Baixo Sabor, o Governo teime em avançar com o projecto. Segundo a legislação comunitária, transposta para o direito interno pelo DL 140/99, ao existir uma alternativa menos gravosa para o ambiente – no Alto Côa-, a alternativa do Baixo Sabor passa a ser ilegal, pelo que, se for escolhida, será contestada até às últimas consequências em instâncias judiciais nacionais e internacionais. Com o “chumbo” desta barragem, os Secretário de Estado e Ministro do Ambiente recentemente nomeados, têm a oportunidade de dar início a uma nova etapa política sustentada em argumentos técnicos e em prol do ambiente.

 

Contactos:

José Teixeira – 917802563

Helena Freitas – 919992629

Paulo Santos – 967064913

 

A Plataforma Sabor Livre é formada pelas associações Quercus, LPN, Fapas, GEOTA, Olho Vivo e SPEA, que se uniram para salvaguarda do rio Sabor sem barragens. Este movimento conta ainda com o apoio de: Environmental Defense e ADEGA, Adenex, ADP Mértola, Água Triangular, ALDEIA, Almargem, Amigos da Montanha, Amigos do Mar, ANATA, A Rocha, Associação Vento Norte, Campo Aberto, CEAI, CEEA, Clube Celtas do Minho, Coagret, Corema, Crepúsculos, Ecologistas en Acción, Euronatura, Federation of Environmental and Ecological Organizations of Cyprus, FAPAS (España), FEG, GAIA, Grupo Flamingo, IRN, Melgaço Radical, Molima, NEPA-AAUTAD, Nuceartes, Oikos, Projecto Palhota Viva.

 

 

 

Share

Quercus TV

       

 

Espreite também a Quercus TV.

 

 

Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb