• Núcleo Regional de Guarda

    Conheça as actividades do Núcleo Regional de Guarda da Quercus.

  • Núcleo Regional de Guarda

    Conheça as actividades do Núcleo Regional de Guarda da Quercus.

  • Núcleo Regional de Guarda

    Conheça as actividades do Núcleo Regional de Guarda da Quercus.

Pós-Iniciativa “Bandeiras negras pelo Noéme” de 23 de setembro | 25 de setembro de 2017

Conforme anunciado publicamente, no dia 23 de setembro, o Núcleo Regional da Guarda promoveu uma ação de protesto e sensibilização centrada na transformação do rio Noéme num esgoto a céu aberto e sem vida. Os motivos são conhecidos: descargas de efluentes industriais e de duas ETAR (Torrão e São Miguel) que servem a Guarda. A iniciativa contou com o apoio de várias Juntas de Freguesia banhadas pelo rio.

 

Foram colocadas cerca de 20 bandeiras, acompanhadas de um manifesto, onde se explicam as razões do protesto, em diversos locais ao longo do curso dos rios Diz e Noéme, entre a cidade da Guarda e Cerdeira do Côa. Nesta última localidade, estava previsto a realização de um debate, envolvendo os principais intervenientes: Câmara Municipal da Guarda/SMAS, Águas de Vale do Tejo e Fábrica Têxtil Manuel Rodrigues Tavares, Lda, com a apresentação dos resultados das últimas análises efetuadas à água do rio. Convidámos igualmente os órgãos da comunicação social locais a estarem presentes nessa discussão pública. No entanto, os Serviços Municipais de Água e Saneamento da Guarda e a empresa Águas do Vale do Tejo responderam a informar que não podiam estar representadas. Será feito em breve um novo convite a estas entidades com vista à realização de um debate conjunto.

 

Em nosso entender, no das populações servidas pelo rio e da opinião pública atenta ao problema, a despoluição do Noéme constitui, ou deveria constituir, uma prioridade para as entidades com poderes de decisão no assunto. Conforme apurámos em momento anterior, a resolução do problema passa pelo investimento em equipamentos de tratamento dos efluentes industriais, cujo financiamento ninguém quer assumir na íntegra. Seja como for, a Quercus continuará mobilizada para a questão, até que para ela surja uma solução. A qual, acreditamos, passa sobretudo pela vontade dos decisores políticos. 

 

Núcleo Regional da Guarda da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza 

 

Guarda, 25 de Setembro de 2017 

 

Share
Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb