• Núcleo Regional de Guarda

    Conheça as actividades do Núcleo Regional de Guarda da Quercus.

  • Núcleo Regional de Guarda

    Conheça as actividades do Núcleo Regional de Guarda da Quercus.

  • Núcleo Regional de Guarda

    Conheça as actividades do Núcleo Regional de Guarda da Quercus.

Novo corte de árvores na Guarda | 19 de setembro de 2016

O Núcleo Regional da Guarda da Quercus – A.N.C.N. vem por este meio emitir o seguinte comunicado face ao previsível abate de aproximadamente 2 dezenas de árvores de porte médio, médio/elevado a realizar no Parque Municipal da Guarda no âmbito da requalificação urbana do eixo central da Guarda.

 

Consideramos que um parque deve ser um espaço urbano com características naturais que permita conciliar a presença humana, com a riqueza de biodiversidade, nomeadamente e no que respeita à dinamização de atividades que promovam e enriqueçam este contacto. Consideramos também que o espaço em causa exige uma intervenção de manutenção, nomeadamente ao nível dos equipamentos de apoio à prática desportiva e outras atividades lúdicas, ao nível da melhoria do coberto arbóreo com eventuais cortes estratégicos de algumas árvores e/ou podas de modo a permitir melhorar o desenvolvimento destas e reforço pontual com a plantação de novas árvores.

 

Contudo, e decorrente da informação que o Núcleo regional da Guarda teve acesso, surpreende-nos a justificação que é dada para o abate de 2 dezenas de árvores de porte médio a grande – justificada com a necessidade de criar uma grande clareira onde a luz natural e os raios de sol possam chegar – uma situação que a confirmar-se parece-nos algo exagerada. Também nos preocupa a opção de aplicação de betonilha no solo e a eventual impermeabilização em redor dos troncos de árvores em algumas situações, intervenções que a confirmarem-se podem colocar em causa o bom desenvolvimento da componente arbórea, que aumentam a área impermeabiliza de um espaço importante para a infiltração da água das chuvas numa área urbana já fortemente impermeabilizada.

 

No entanto é de referir que consideramos válida a opção de incrementar a cortina arbórea junto à Av. Afonso Costa de modo a criar isolamento sonoro. E deixamos a sugestão de colocação de espécies autóctones arbustivas, nomeadamente aromáticas, nas bordaduras das áreas com árvores de forma a melhorar o nível de heterogeneidade do parque e o incremento da biodiversidade, em especial ao nível dos insectos.

 

Face ao exposto, manifestamos a nossa preocupação face a algumas das orientações que são apresentadas no âmbito da requalificação do Parque Municipal da Guarda, com as quais não concordamos, e solicitamos esclarecimentos relativamente aos seguintes pontos:
- Quantas árvores em concreto vão ser cortadas? E qual a sua localização?
- Que tipo de intervenção vai ser realizada nas restantes árvores?
- Quantas árvores vão ser plantadas no parque? Que espécies? E onde vão ser plantadas?

 

Share
Quercus ANCN ® Todos os direitos reservados
Alojamento cedido por Iberweb