• Life Inovação Contra o Veneno

    Equipa canina deteta raposa envenenada.

  • Life Inovação Contra o Veneno

    Equipa canina europeia.

  • Life Inovação Contra o Veneno

    Ações de sensibilização e educação ambiental.

  • Life Inovação Contra o Veneno

    Monitorização e marcação de espécies bioindicadoras.

  • Life Inovação Contra o Veneno

    Entrega de cães de guarda a criadores de gado.

Life Against Poison

O projeto LIFE “Ações Inovadoras contra o uso ilegal de venenos em áreas-piloto da Europa Mediterrânica” foi implementado com o objetivo de demonstrar procedimentos e práticas que contribuam para travar a perda de biodiversidade devido ao uso ilegal de venenos na União Europeia (UE). Este projeto é também conhecido como LIFE “Inovação contra envenenamentos”, com o código LIFE09 NAT/ES/000533. Desenvolveu se entre 2010 e 2014, em Portugal, Espanha e Grécia e foi co-fnanciado pelo Programa LIFE da Comissão Europeia.

Actualmente algumas acções do projecto continuam a ser implementadas pelos parceiros nas respectivas áreas piloto.

 

Pode consultar os principais resultados no relatório para leigos aqui

Para mais informação consulte o sitio do projecto em :http://www.lifeagainstpoison.org/

 

 

 

 

Marcação e libertação de Abutres Pretos no PN Tejo Internacional 

 

No âmbito do projecto Life Innovation Against Poison foram marcados com emissores GSM e marcas alares patagiais dois Abutres Pretos (Aegypius Monachus ) que deram entrada no CERAS. Um dos abutres for transferido do Centro de recuperação Parque Biológico de Gaia e o outro recolhido pelo SEPNA na zona de Vila Velha de Rodão. Estão de volta à natureza no Tejo Internacional o local onde nidifica a maior colónia  desta espécie em Portugal!

 

 

 

 

Formação sobre Detecção de Venenos e Furtivismo

 

 

 

  

Projeto de educação ambiental através do Teatro e o Movimento

 

O uso do veneno é errado e pode ser em ilegal em algumas situações.O veneno destrói, corrompe, mata. Infelizmente, o uso errado de venenos é ainda uma prática comum como forma de afastar alguns animais considerados perigosos. A Quercus e a Pé de Pano - Projectos Culturais realizam um conjunto de atividades de sensibilização ambiental junto das comunidades escolares de Idanha - a -Nova e Castelo Branco sobre este problema. Esta prática ilegal coloca em perigo espécies em risco de extinção como o abutre preto, a águia imperial ou o lobo, animais domésticos, assim como, a saúde pública. Neste âmbito, construímos um conjunto de atividades diferenciadas, que cruzam a educação ambiental, com o Teatro e o Movimento, destinado às crianças do 1º, 2º e 3º ciclo. Estas atividades inserem-se no programa Life, Inovação contra Envenenamentos, que conta com o apoio do Município de Idanha-a-Nova.

 

 

 

 

  

Iniciativa 15-15-15 Envenenamento

 

Anualmente são envenenados centenas de animais domésticos e selvagens protegidos por lei. A Quercus tem trabalhado com caçadores criadores de gado, população em geral, grupos escolares e autoridades no sentido de tentar acabar com esta prática ilegal. Os grupos de fauna mais afectados que deram entrada no CERAS foram as aves de rapina diurnas na sua maioria abutres e aguias e alguns mamíferos. São envenenados anualmente centenas de animais de espécies tão diferentes como Abutres-pretos, Águias, texugos, lobos, entre muitas outras espécies. O envenenamento é uma das principais causas de mortalidade não natural de espécies em perigo de extinção como o Abutre-preto, a Águia-imperial-ibérica ou o lobo-ibérico e de centenas de animais domésticos nomeadamente cães e gatos.
Porque se usam os venenos?
A principal motivação para o uso de venenos é a eliminação de animais considerados nocivos. Os predadores das espécies cinegéticas e pecuárias são as espécies alvo e neste grupo incluem-se a Raposa, o Saca-rabos, o Lobo-ibérico, várias espécies de aves de presa, assim como cães e gatos assilvestrados, que quando abandonados nos
campos atacam o gado domestico e espécies cinegéticas. Também são frequentes os casos em que o uso de venenos é provocado por conflitos e desentendimentos entre pessoas. O uso de venenos como forma de extermínio está completamente proibido pelas leis nacionais e europeias e é uma prática irresponsável que pode ter consequências graves para a Saúde Pública e Biodiversidade.
Quais as suas consequências?

 

  

Share
Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign