Sociedade civil pede aos ministros para aumentar a ambição na reta final

Foi conhecido às 15h20 um novo texto do Acordo de Paris que tem de estar fechado na próxima sexta-feira, como reforçou o ministro francês Laurent Fabius, que preside à 21ª Conferência das Partes (COP21) da Convenção das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas.

 

Neste momento, os cerca de 200 países aqui presentes têm dois caminhos possíveis: o primeiro, de conseguir um Acordo ambicioso que consiga colocar o mundo do objetivo do limite de aumento de 1,5ºC - 2ºC e para tal é preciso uma linguagem reforçada; o outro, um acordo fraco sem mecanismos para que se possa melhorar a ambição do mesmo.

 

O texto divulgado esta tarde tem algumas melhorias, mas é preciso mais. Os parágrafos em aberto foram reduzidos para um quarto. Há uma referência ao limite de 1,5ºC e há ainda a referência à importância de lidar com as "perdas e danos". As visões de longo prazo continuam no texto, mas a sua extensão ainda continua entre parêntesis.

 

Mas é preciso mais. E é preciso que a União Europeia faça mais nesta reta final. É necessário que o mecanismo de revisão da ambição fique no texto de forma clara e que esta revisão comece ainda antes de 2020 para acelerar a redução de emissões de gases de efeito de estufa.

 

No objetivo de longo prazo é necessário que fique no texto a descarbonização da economia até 2050, de forma a que seja possível a transição da economia baseada em combustíveis fósseis para uma economia baseada em energias renováveis e eficiência energética.

 

É necessário um texto mais claro sobre as consequências e necessidades de apoio à adaptação e perdas e danos das comunidades mais vulneráveis e os mecanismos de financiamento aos mesmos.

 

Os líderes mundiais têm agora a última oportunidade para agarrarem este movimento que cresce aqui na capital francesa  - esta tarde manifestaram-se centenas de activistas dentro do recinto da COP21 - e conseguir o Acordo de Paris que os cidadãos de todo o mundo esperam deles.

 

Toda a informação sobre a Conferência de Paris e as posições das Associações de defesa do ambiente estão a ser permanentemente atualizadas em:

 

- http://climaticas.blogs.sapo.pt/

- twitter.com/QuercusCOP21

- facebook.com/quercusancn

 

 

Lisboa, 9 de Dezembro de 2015

 

A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

 

 

Share
Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign