Livro “A Paixão pelas Aves, desde Trás-os-Montes” apresentado este sábado com sala cheia em Vila Real

paixao aves capaNo passado sábado, 11 de abril, em Vila Real - concelho que é já destino da biodiversidade - realizou-se o lançamento do livro “A Paixão pelas Aves, desde Trás-os-Montes”. O espaço a Quinta do Paço foi pequeno para ouvir as palavras do autor do livro Nuno Silva, um vila-realense apaixonado pela fotografia de natureza.

João Branco, Presidente da Quercus, referiu que o autor “demonstrou ser um empenhado naturalista e exímio fotógrafo e, graças a esta obra, a avifauna da região poderá ser descoberta e observada por todos os cidadãos. A Quercus tem esperança que este livro contribua para a criação de uma consciência na sociedade sobre a necessidade de conservar as nossas aves selvagens e os habitats que lhes permitem sobreviver”, finalizando com “votos que este livro sirva de inspiração a outros fotógrafos e naturalistas na sua importante tarefa.

As cerca de 170 pessoas presentes foram presenteadas com uma brilhante apresentação por parte da jornalista da RTP, Daniela Santiago, que elogiou o livro, contando que Nuno Silva, “deixou para trás o “egoísmo saudável” de guardar instantes únicos de observação direta para passar para trás da objetiva de uma câmara fotográfica. Entre horas de paciência, de corpo molhado ou queimado pelo sol, aguarda o melhor instante. Espera pelo momento. Anseia pelo momento único que contem cada fotografia que vai descobrir neste livro”. Destacou ainda a ave preferida do autor, o guarda-rios, lembrando a reportagem que passou na RTP em 2013, onde Nuno Silva, falou sobre a sua paixão pelas aves, ano em que aceitou escrever o prefácio que hoje está na obra.

Nuno Silva destacou a importância da fotografia a qual, para si, “é eternizar momentos que, gravados em cada uma das fotografias, mostram a paixão que nutro pela arte de captar a natureza. É guardar o que vemos em determinado momento e partilhá-lo com os outros. É uma forma de transmitir o que sinto, o que também me move, me faz acordar e sentir vivo. Adoro a fotografia em todas as suas vertentes, mas fotografar a natureza é qualquer coisa de fascinante, principalmente as aves.

Na sessão, apresentou também o Lago dos Pássaros, “um abrigo idealizado para fotografar os pássaros a fazer quase tudo no seu dia-a-dia. Espaço que é e continuará a ser muito importante no meu trabalho de fotografia. Já que os momentos de quietude e reflexão que proporciona, o encontro entre mim e a natureza, o desfrute das pequenas coisas, a relevância dos pormenores da vida, fazem com que aqui... as horas pareçam minutos!

Terminou agradecendo a todos pela presença, deixando a promessa de um segundo livro e referindo que “este caminho será feito como o que fiz até aqui, em conjunto, com todos vós. O caminho faz-se caminhando e os conhecimentos vão-se acumulando graças a amigos que têm a paciência para me dar a conhecer o mundo maravilhoso da natureza!”.


Abaixo: Fotografias do evento de Ângelo Silva

 

paixao aves1

 

paixao aves2

 

 

Share
Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign