Iniciativa 15-15-15: no ano em que o CERAS comemora 15 anos a Quercus divulga as 15 principais ameaças à biodiversidade e 15 medidas de proteção

 

geneta atropelada CERASO Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens de Castelo Branco (CERAS) é um projecto do núcleo regional de Castelo Branco da Quercus, com o apoio da Escola Superior Agrária de Castelo Branco (ESA) e de outros mecenas particulares. O CERAS tem como principal objectivo recuperar animais selvagens debilitados e devolvê-los ao meio natural. No ano em que celebra 15 anos, o CERAS vai promover ao longo dos próximos meses um conjunto de iniciativas de divulgação de quinze ameaças e quinze medidas de conservação para a fauna selvagem da região.

 

15 Ameaças e 15 medidas de proteção da biodiversidade

 

Durante os próximos meses a Quercus vai promover um conjunto de iniciativas associadas a cada uma das principais causas de ameaça à Biodiversidade, causas estas que fazem com que deem entrada no CERAS cerca de 200 animais por ano. Para cada uma destas ameaças vamos dar a conhecer a sua origem e as soluções que podem ajudar a evita-las, minimiza-las ou mesmo a acabar com estas ameaças que matam e provocam lesões na nossa fauna protegida. Estas ameaças têm uma dimensão e expressão nacional, e por vezes até internacional. Ao longo destes quinze anos o CERAS recolheu um conjunto de informação estatística e geográfica relevante, tendo já sido identificados vários locais e problemáticas que necessitam de medidas e actuações.


As iniciativas serão de diversa índole, como campanhas de informação, reuniões e encontros com municípios, entidades públicas, empresas e particulares, no sentido de agilizar e solicitar algumas medidas e actuações concretas. Para cada uma destas ameaças a Quercus ira divulgar alguns pequenos gestos e comportamentos que todos nós poderemos realizar no sentido de evitar algumas das principais ameaças à nossa fauna autóctone.


15 Anos a proteger e a recuperar espécies em perigo

Ao longo destes quinze anos temos vindo a proteger um património de todos que é a nossa Biodiversidade. O Ceras funciona maioritariamente com trabalho voluntário desde 1998, ao longo destes 15 anos já recebeu mais de 1900 animais selvagens, contando com uma taxa de recuperação média de 60% de animais devolvidos à natureza. Paralelamente ao trabalho do hospital de fauna desenvolvem-se outras actividades e projectos, acções de formação e de educação ambiental e estudos nas áreas de biologia e veterinária.

 

 


Castelo Branco, 19 de Junho de 2014

A Direcção do Núcleo Regional de Castelo Branco da Quercus-Associação Nacional de Conservação da Natureza.


Mais informação sobre o CERAS em:
http://www.quercus.pt/ceras

https://www.facebook.com/CERASCB

 

 

Share
Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign