Atividade do programa Ciência Viva no Verão dá a conhecer a mais extensa gruta de Portugal e os seus estranhos habitantes

almondaA nascente do rio Almonda, em Pedrogão d'Aire, foi o cenário escolhido pela Quercus para a realização de mais uma atividade do programa Ciência Viva no Verão, em colaboração com a Sociedade Torrejana de Espeleologia e Arqueologia e a Turrisespaços, Empresa Municipal.

 

O ecossistema cavernícola é caracterizado pela estabilidade da temperatura e da humidade, bem como pela sua interessante fauna. É onde vivem os troglóbios, seres que, pelas suas características, são capazes de sobreviver em ambiente de escuridão total, elevada humidade e escassez de alimento.

Para conhecer uma parte deste mundo e os seus estranhos habitantes, foi essencial a ajuda de Sofia Reboleira, bióloga e espeleóloga da Universidade de Aveiro, especializada no estudo e conservação dos animais troglóbios.


Esta foi também uma oportunidade para proceder à recolha de mais alguns espécimes para posterior estudo e ainda para conhecer melhor o trabalho de prospeção e conservação que a Sociedade Torrejana de Espeleologia e Arqueologia tem vindo a realizar na Gruta do Almonda desde há vários anos, permitindo que os 12 Km desta parte do Sítio Ramsar "Polje de Mira-Minde e nascentes associadas" continuem bem preservados.


A atividade teve como ponto de apoio o Cabeço das Pias – Centro de Interpretação da Gruta do Almonda (CIGA), espaço atualmente gerido pela Turrisespaços, E.M., empresa do Município de Torres Novas.



Torres Novas, 27 de agosto de 2013

 

logos almonda              ciencia viva ramsar

 

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também o nosso Canal no VIMEO.

Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign