Recolha de rolhas de cortiça permite plantar mais de 5500 árvores autóctones

Na próxima sexta-feira dia 12, pelas 11h, no Salão Nobre da Secretaria de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, na Praça do Comércio em Lisboa, irá realizar-se a cerimónia de apresentação da segunda fase do projecto “Green Cork/Criar Bosques”, à qual está associada uma nova campanha “Entregue as rolhas para plantar árvores”. Serão ainda apresentados os resultados da primeira fase da recolha.

 

A QUERCUS assinará protocolos com os hipermercados Modelo para alargamento da rede de recolha para reciclagem de rolhas, e com a Autoridade Florestal Nacional para a integração do Serviço Público dos Sapadores Florestais no Projecto Criar Bosques.

 

Nesta cerimónia, inserida no âmbito das Comemorações do Mês das Florestas e da Rota do montado e da cortiça, promovida pela Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, serão assinados os protocolos de alargamento da recolha de rolhas usadas de cortiça para reciclagem à cadeia de hipermercados Modelo e de parceria com a Autoridade Florestal Nacional para a integração do Serviço Público das Equipas de Sapadores Florestais no projecto “Criar Bosques”.

 

O PROJECTO GREEN CORK

 

Lançado no dia 5 de Junho de 2008, o Projecto Green Cork foi criado com dois objectivos:

 

1)     Promover uma nova fileira de reciclagem, desta vez da cortiça, com a missão de garantir a continuidade do circuito sustentável deste produto e o prolongamento do armazenamento do CO2.

 

2)     Constituir o primeiro projecto de reciclagem cujas verbas provenientes da reutilização da matéria-prima (rolhas de cortiça), servem de financiamento parcial do projecto “Criar Bosques, Conservar a Biodiversidade”, que visa a recuperação da nossa flora autóctone.

 

O projecto “Criar Bosques, Conservar a Biodiversidade” promove a recolha de sementes, exclusivamente em Portugal, e procede à sua reprodução em viveiros especializados com vista à sua posterior plantação. O projecto inclui igualmente a manutenção de cobertos vegetais autóctones jovens e adultos.

 

Mais informação em www.criarbosques.org

 

Durante 2009 nos 39 hipermercados Continente, nos 13 centros comerciais Dolce Vita, na rede de restaurantes de recolha de óleos pela Biological, através de vários agrupamentos de escuteiros e escolas, foram recolhidas 22,580 Toneladas, correspondendo a cerca de 5 milhões de rolhas. Com as verbas provenientes da reciclagem destas rolhas foi possível plantar 5630 árvores autóctones no Parque Natural do Alvão (Afonsim - Vila Pouca de Aguiar) e em Baião.

 

Estas verbas da reciclagem financiam em parte as arborizações do PROJECTO CRIAR BOSQUES que este ano atingiram os seguintes números:

 

2008/2009: 50.224 árvores plantadas

2009/2010: 70.161 árvores plantadas (em curso)

TOTAL: 120.385 árvores plantadas

 

O alargamento da rede de recolha de rolhas usadas de cortiça

 

O alargamento do sistema de recolha de rolhas para reciclagem à rede de hipermercados Modelo, em 2010, representará um importante salto quantitativo (mais 120 pontos de recolha em todo o país), e qualitativo, uma vez que através desta rede de pontos de recolha o projecto poderá cobrir, de uma forma efectiva, todo o território nacional, e não apenas os grandes centros urbanos como acontecia até agora. Para a divulgação desta nova rede de recolha de rolhas usadas de cortiça, será lançada uma campanha nacional intitulada “Entregue as rolhas para plantar árvores”, à qual aderiram, até ao momento, cerca de meia centena de Municípios e várias empresas de transportes públicos.

 

 

A integração do serviço público de Sapadores Florestais

 

A integração do “Projecto Criar Bosques” (www.criarbosques.org) no serviço público prestado pelas equipas de Sapadores Florestais, ao abrigo do protocolo a celebrar com a Autoridade Florestal Nacional, vai proporcionar uma ampliação significativa da capacidade de execução no terreno deste projecto da Quercus, quer no apoio à plantação, quer na sua gestão futura.

 

Com um total de 242 equipas em funcionamento (acrescem 55 equipas de sapadores florestais em constituição), o Programa de Sapadores Florestais tem uma cobertura nacional, sendo co-financiado pelo Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas.

 

 

Lisboa, 11 de Março de 2010

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também o nosso Canal no VIMEO.

Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign