Campanha Nacional de Sensibilização para uma Condução Segura e Ecológica

A ACA-M, a ANBP, a ASPIG, o SPP-PSP e a QUERCUS juntaram-se para lançar uma Campanha Nacional de Sensibilização para uma Condução Segura e Ecológica durante o mês de Agosto. A apresentação à imprensa será no próximo dia 30 de Julho, pelas 10 horas, na sede do Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP-PSP), na Av. Ceuta, Lisboa, à qual se seguirá uma distribuição de folhetos aos condutores.

 

A subida alarmante do número de mortos e feridos nas estradas portuguesas deve ser uma preocupação de toda a sociedade, na medida em que os custos físicos, emocionais e económicos são partilhados por todos nós.

 

O poder central e local, tolhido pelo argumentário da crise, não parece disposto a despender recursos humanos e financeiros na redução dos comportamentos rodoviários de risco numa época crítica como é o período de férias de Verão.

 

Por isso, a ACA-M, a ANBP, a  ASPIG, o SPP-PSP e a QUERCUS decidiram lançar uma Campanha Nacional de Sensibilização para uma Condução Segura e Ecológica durante o mês de Agosto, com distribuição de folhetos com conselhos práticos por todas as delegações regionais das várias organizações.

 

Esta iniciativa inédita de organizações cívicas e sócio-profissionais pretende muito claramente assinalar a necessidade de um empenhamento aprofundado de todos nós na causa da redução do risco e do trauma rodoviários em Portugal.

 

Confrontados com a passividade e ineficácia das acções das autoridades públicas face a este grande problema de saúde pública que é a sinistralidade rodoviária, concebemos esta campanha no cruzamento de três ordens de factores muito relevantes de preocupação social face à condução em meio rodoviário: a segurança de bens e pessoas, os seus custos económicos e sociais, e os seus impactos energéticos e ecológicos.

 

O princípio geral da mensagem desta campanha é o seguinte: uma condução segura é também uma condução económica e uma condução preocupada com o ambiente e a escassez progressiva de hidrocarbonetos.

 

Este cruzamento de factores deveria ser óbvio para todos nós, e supor-se-ia que o governo central e as autarquias o pudessem já ter feito. Infelizmente, temos podido ver que faltam aos responsáveis políticos e técnicos uma visão abrangente do fenómeno rodoviário e, nessa medida, a capacidade para implementar medidas estruturantes para confrontar os seus riscos e impactos.

 

Apela-se assim, através desta campanha nacional – e não financiada por dinheiros públicos - aos portugueses e aos nossos governantes para a necessidade de adopção de comportamentos mais seguros, mais económicos e mais conscientes dos impactos ambientais da condução rodoviária. 

 

A iniciativa foi apresentada hoje, dia 30 de Julho, numa conferência de imprensa conjunta das várias organizações promotoras, pelas 10 horas, na sede do Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP-PSP), em Lisboa. Seguiu-se uma acção simbólica em que os dirigentes associativos participaram na distribuição de folhetos aos condutores de partida para férias.

 

 

Esta Campanha Nacional é apoiada pela Toyota-Caetano.

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também o nosso Canal no VIMEO.

Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign