Brisa adopta frota de veículos híbridos

Até ao final de 2005, a Brisa terá 28 veículos amigos do ambiente a circular nas estradas e nas auto-estradas. A Honda e a Quercus associam-se a esta iniciativa de promoção e divulgação da mobilidade sustentável.

 

Carcavelos, 29 de Junho de 2005 - Entra hoje em serviço a frota de veículos híbridos da Brisa, num sinal claro da aposta da empresa na conciliação da gestão e exploração de auto-estradas com a protecção do ambiente. 

 

A Brisa tem actualmente uma frota de 650 veículos, responsável por emissões da ordem das 10,088 toneladas de CO2, em 2004. A identificação de uma alternativa aos veículos convencionais com motores de combustão interna para a frota da Brisa tem sido uma preocupação crescente para a empresa, que tem de conciliar requisitos de eficiência energética e de eficiência ambiental com requisitos exigentes do ponto de vista operacional.

 

Pilhas de combustível, hidrogénio, veículos híbridos, entre outras soluções, têm sido seguidas com atenção pela Brisa. Depois de consideradas as diferentes possibilidades proporcionadas pela tecnologia e pelo mercado automóvel, concluiu-se na Brisa que os veículos híbridos aparecem como a solução mais realista no curto prazo.

 

A Brisa decidiu, no passado mês de Abril, equipar a sua frota com 28 veículos híbridos, após um estudo técnico, financeiro e operacional que durou seis meses. A frota híbrida representa 4,3% da frota Brisa.

 

O primeiro grupo de 13 veículos híbridos foi entregue no final do mês de Junho, e o resto entrará faseadamente em operação, até ao final de 2005.

 

Garantir ganhos de operacionalidade

 

A opção pela solução de veículos híbridos baseou nos seguintes requisitos:

• Eficiência energética;

• Eficiência ambiental – baixas emissões de gases com efeito de estufa

• Eficácia nos custos;

• Baixa manutenção;

• Tecnologia acessível;

• Performance operacional igual ou superior.

A tecnologia híbrida, que utiliza, em combinação, duas ou mais fontes de energia (no caso concreto, combustível fóssil e energia eléctrica), realiza o objectivo.

 

A frota híbrida da Brisa está equipada, na sua quase totalidade, com um dos dois modelos disponíveis no mercado automóvel português, o Honda Civic IMA, que usa o sistema Integrated Motor Assist.

Em ambos os casos, é previsível uma economia de combustível da ordem dos 40%, em comparação com veículos convencional com motores de combustão.

 

Melhor performance ambiental

 

O desempenho ambiental do Honda Civic IMA – porque é deste modelo que se está a falar hoje – foi avaliado com base na comparação de vários elementos, entre os quais os seguintes:

 

 

 

 

Os 28 veículos híbridos serão afectados à frota de serviços gerais da Brisa. Estes veículos estarão ao serviço da Sede e dos 13 Centros Operacionais (que estão distribuídos de Norte a Sul do País), além das frotas de serviço de outras direcções e empresas do grupo Brisa.

À medida que for aumentando a oferta no mercado de soluções não-convencionais, eficientes dos pontos de vista económico, ambiental e operacional, novos segmentos da frota Brisa poderão ser equipados com essas soluções. É previsível que isso venha a acontecer com a componente mais importante da frota, designadamente as viaturas da Assistência Rodoviária e aquelas que servem as operações de conservação e manutenção da rede de auto-estradas.

 

ecoBrisa

 

Para além dos motivos, já referidos, que explicam esta decisão da Brisa, existe também a consciência de que uma concessionária de auto-estradas (um operador rodoviário) deve desempenhar uma função como promotor de soluções de mobilidade sustentáveis e inovadoras, como forma de garantir o futuro, dando um sinal claro à sociedade de que existem soluções que conseguem conciliar eficiência económica, ambiental e operacional.

 

A Brisa entendeu que, no momento da entrada em serviço dos primeiros veículos da sua frota híbrida, devia dar expressão e visibilidade à sua natureza especial.

 

Foi por isso que se desenvolveu a marca “ecoBrisa”, com o endosso “Preservamos o futuro”. Esta marca será aplicada a todos os veículos do grupo Brisa, que usem motorizações não-convencionais

 

Honda Civic IMA – Amigo do ambiente

 

Este veículo híbrido (gasolina/eléctrico) distingue-se dos automóveis convencionais, por possuir um motor a combustão auxiliado por um motor eléctrico cujas baterias são carregadas automaticamente quando em desaceleração ou em travagem – sistema IMA.

 

Baseado numa tecnologia que consegue significativas melhorias de eficiência, símbolo de um futuro próximo que se estenderá à maioria dos automóveis, este veículo apresenta assim menores consumos, bem como menores emissões de gases de escape. Isto é conseguido, não só graças ao sistema IMA mas também devido ao facto do motor de combustão possuir uma função de auto-stop que desliga o motor quando o automóvel se imobiliza. Quando se engrena novamente a 1ª velocidade o automóvel reinicia automaticamente a marcha.

 

 

 

 

 

 

Contactos: Brisa Franco Caruso Telemóvel: 96 691 8322 Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.">Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. www.brisa.pt Honda Ana Borges – Relações Públicas Abrunheira 2714-506 Tel: 21 915 5300 Tlm: 91 954 0793 Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.">Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. www.hondaeu-news.com www.honda.pt Quercus Hélder Spínola Direcção Nacional Apartado 4333 1503-003 Lisboa Tel: 21 778 8474 Fax: 21 778 7749 Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.">

 

 

 

Share

Quercus TV

 

Espreite também o nosso Canal no VIMEO.

Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS Alojamento Web e WebDesign